COLÔMBIA: A PÉROLA DO CARIBE

Uma entrevista com Zully Salazar, Presidente do Conselho de Turismo de Cartagena

2017 foi o “Ano França/Colômbia”. Qual foi a sua impressão geral desta colaboração? Realmente positivo. O intercâmbio cultural deste ano ofereceu uma ampla gama de atividades e eventos de ambos os países para promover a Colômbia como um destino turístico cobiçado. Os números falam por si: em 2017, tivemos 66.747 visitantes franceses na Colômbia, mais 12.000 do que em 2016. Em Cartagena, vimos um aumento de 38% no turismo com quase 6.700 visitantes franceses.

O que está previsto para 2018? Temos muitos eventos internacionais, incluindo o Festival Internacional de Cinema (FICCI), o Festival de Música Clássica, o Festival HAY dedicado à literatura, para não mencionar inúmeras feiras gastronómicas e artesanais. Estamos trabalhando com a ProColombia para desenvolver atividades culturais durante todo o ano, para que nenhuma temporada seja uma “baixa temporada”.

Cartagena é considerada um dos refúgios mais bonitos da América Latina. A que tipo de cliente recomendaria a cidade? Nossa cidade reúne muitos produtos turísticos como poucos outros destinos no Caribe. Além das magníficas praias das Ilhas Rosário, a cidade tem autênticos bens culturais e históricos. Em termos de compras, alguns dos mais prestigiados joalheiros e designers estão aqui, bem como produtos artesanais de alta qualidade. O setor MICE está a todo vapor, com muitos Centros de Convenções e hotéis de luxo. Do lado corporativo, os negócios estrangeiros tiveram um aumento de 30% e ainda estão em alta. Acho que há algo para cada cliente na cidade.

O turismo sustentável é e será uma das grandes tendências em 2018. Como Cartagena participa desta iniciativa? A cidade foi reconhecida como Patrimônio Mundial da UNESCO e ainda estamos trabalhando em novas certificações sociais e de desenvolvimento sustentável. Hoje, mais de 70 entidades públicas e privadas estão fazendo um trabalho substantivo com todas as organizações locais envolvidas, para que todos possam fazer a sua parte no desenvolvimento sustentável da nossa cidade e se beneficiar dele.

Partilhar esta entrada

Optimized by Optimole